Sexta-feira, 9 de Junho de 2006

Que paridade?

 

A contestação ao nosso Presidente começa pelo veto à Lei da Paridade.

Os defensores da Lei pretendiam uma quota mínima de mulheres nas listas para a Assembleia sob pena destas não serem admitidas.

Mulheres, não se deviam sentir inferiorizadas com a aprovação de um limite destes?

Sem dúvida que as mulheres são cada vez mais competentes e com capacidade para exercer cargos de responsabilidade. O mérito pessoal será suficiente para chegar ao lugar ambicionado. Em todas as profissões que exigem grau académico elevado as mulheres já estão a dominar, até são elas que constituem «maioria absoluta» nas faculdades.

Certamente que ocuparão o seu espaço sem estas quotas.  As discussões quanto ao sexo, discriminações sexistas e afirmações feministas são descontextualizadas da realidade em que vivemos...

DEIXEM-NO TRABALHAR! 

 

tags:
publicado por jaimepedrosa às 18:41
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Que paridade?

.arquivos

. Junho 2009

. Julho 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds